Pizza de Sardinha

pizza de sardinha
O que acontece quando você combina duas coisas deliciosas como pizza e sardinha? Você ganha algo super delicioso! A salinidade do peixe é uma combinação feita no céu com a doçura do molho de tomate. Você tem que experimentar.

Ingredientes da massa de pizza:

  • Seiscentas gramas de farinha
  • Seis grama de fermento em pó
  • Duas colheres de sopa de azeite
  • Meia colher de chá de sal
  • Duas xícaras e meia de água quente

Molho de tomate:

  • Seis à sete tomates maduros
  • Seis dentes de alho
  • Cento e cinquenta gramas de molho de tomate
  • Azeite
  • Sal e pimenta

Cobertura à vontade

  • Molho de tomate
  • Queijo mussarela
  • Tomate cereja
  • Sardinha enlatada
  • Sal, pimenta e orégano

Modo de preparo

Comece fazendo a massa da pizza. Você sempre pode comprar massa pré-fabricada, mas é altamente recomendável fazer você mesmo. É super fácil (e barato) e, depois de fazer você mesmo, estará no caminho da pizza perfeita. Misture os ingredientes secos em uma tigela (farinha, fermento e sal). Adicione o azeite e a água quente e misture com as mãos ou com uma assadeira por 10 min. Se a massa estiver dura, adicione mais água. Se a massa estiver muito líquida e não formar uma bola, adicione mais farinha. Cubra com filme plástico e reserve em um local quente e sem correntes de ar para aumentar por 30 min ou até dobrar de tamanho. Durante o tempo em que a massa estiver aumentando, faça o molho de tomate. Corte os tomates. Fatie os dentes de alho e frite-os em azeite por dois minutos. Adicione os tomates e frite por mais cinco minutos. Adicione o molho de tomate e deixe cozinhar por quinze. Prepare as coberturas. Fatie a mussarela. Corte o tomate cereja. Retire as sardinhas da lata. Você pode colocá-las diretamente na pizza ou dividi-los em duas partes, até mesmo amassar elas com um garfo. Quando a massa estiver pronta, retire-a da tigela e divida em duas metades. Enrole ela na forma desejada de pizza. Adicione o molho de tomate e as coberturas. Recomendamos que você coloque as sardinhas por último para que fiquem um pouco assadas. Asse na parte inferior do forno por cerca de dez minutos em duzentos graus Pronto, a pizza está pronta para ser servida direto do forno.

Benefícios da sardinha para a saúde

Sardinha é um peixe minúsculo com um perfil nutricional muito grande! De fato, muito poucos outros alimentos contêm a mesma quantidade de nutrientes. O fígado chega bem perto, mas geralmente é mais temido que a humilde sardinha. Comida de verdade costuma ser mais cara que comida processada, mas a sardinha é uma exceção notável. A sardinha enlatada é um dos poucos “fast food” portáteis super saudáveis e econômicos por aí. Elas também não apresentam o mesmo risco de mercúrio que os peixes maiores.

Aqui estão oito razões pelas quais você deve aprender a amar sardinhas:

  • Fonte de Omega-3: O ômega-3 beneficia o corpo de várias maneiras e são bem estudados por sua importância no corpo. Uma lata de sardinha contém mais da metade da dose diária recomendada de ômega-3. As sardinhas fornecem gorduras EPA e DHA, que são benéficas para o cérebro, coração e para reduzir a inflamação. Muitas pessoas consomem grandes quantidades de ômega-6, como óleo vegetal e margarina. Isso pode perturbar o equilíbrio de ômega-3 em gorduras ômega-6 no corpo e levar a uma variedade de problemas. Especialistas afirmam que DHA e EPA são as formas de ômega-3 mais facilmente utilizáveis para o corpo e consumi-las de alimentos como sardinha e outros peixes gordurosos podem ajudar a corrigir essa proporção.
  • Super fonte de selênio: Especialistas explicam a importância do selênio para a saúde da tireóide e adrenal. Uma teoria é que excesso de iodo (encontrado em alimentos processados) sem selênio suficiente pode prejudicar a tireóide e as supra-renais. O selênio também é necessário para a produção de glutationa no corpo. Selênio e iodo são sinérgicos e ocorrem juntos nas fontes mais naturais, incluindo a sardinha. De fato, uma lata de sardinha contém quase toda a dose diária recomendada de selênio e uma quantidade menor de iodo. Isso pode ajudar o corpo a obter um equilíbrio adequado de selênio e iodo.
  • Cálcio e fósforo biodisponível: Sardinhas (mesmo enlatadas) são ótimas porque são um dos poucos alimentos de origem animal que ainda consumimos, incluindo ossos e pele. Enquanto isso deixa algumas pessoas sensíveis, esses “pedaços estranhos” do peixe têm importantes vitaminas e minerais, incluindo uma grande dose de cálcio dos ossos. Uma lata contém cerca de 1/3 da quantidade diária recomendada de cálcio em uma forma altamente absorvível. Mais e mais pessoas estão tendo reações aos laticínios, e consumir peixe com ossos é uma das maneiras de obter cálcio suficiente sem consumir laticínios.
  • O fósforo é um mineral importante para a saúde dos ossos e dentes e é difícil de encontrar em fontes alimentares. As sardinhas são uma das melhores fontes naturais de alimentos, razão pela qual são frequentemente recomendadas para pele, dentes e ossos saudáveis.
  • Aumento da vitamina D: A grande maioria de nós é deficiente em vitamina D. E esse número é ainda mais drástico se considerarmos os níveis ideais de vitamina D. Alguns chegaram a afirmar que temos uma deficiência de sol e que a deficiência generalizada de vitamina D está contribuindo para vários tipos de câncer e problemas de saúde.